quinta-feira, 7 de abril de 2011

Cuidados paliativos: 1.500 profissionais vão receber formação ao abrigo de protocolo com a Gulbenkian

Mil e quinhentos profissionais da rede de cuidados continuados vão receber formação em cuidados paliativos e serão criadas quatro equipas domiciliárias no Porto, Planalto Mirandês e Mértola, através de um protocolo entre o Ministério da Saúde e a Gulbenkian.

O protocolo entre a Fundação Calouste Gulbenkian, a Unidade de Missão para os Cuidados Continuados Integrados (UMCCI) e o Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa para o desenvolvimento de projetos na área dos cuidados paliativos é assinado hoje no Porto, dia em que se assinala o Dia Mundial da Saúde.

Fonte: Visão

Sem comentários:

Publicar um comentário